QUANDO SE TEM UM PET E PRETENDE-SE TER OUTRO: COMO FAZER A ADAPTAÇÃO?

October 29, 2017

Ter um pet é muito bom, mas sempre temos que lembrar que eles precisam de diversos cuidados especiais e de companhia. Deixá-los sozinhos por longas horas do dia não é bom. Principalmente para os cães, que têm como costume de sua natureza viverem em grandes grupos. Como muitas pessoas trabalham fora e ficam o dia todo sem poder ver seu pet, muitos optam por arrumar um outro cachorrinho ou gatinho para fazer companhia. Essa é uma excelente ideia.
 

Porém, é preciso cuidado e paciência até que eles convivam bem. Mesmo o dono tendo todo cuidado para conseguir um amiguinho novo para o seu cachorrinho, nem sempre o mais velho compreende isso de início e é necessário cautela. Depois de escolhido o animal, prepare um local para que o morador antigo da casa não tenha acesso direto. Arrume uma caminha, potes de água e de comida separados.

Se você já tem um cão e adotou outro, prefira fazer a primeira apresentação fora de casa. Assim, nenhum deles sentirá seu território e sua casa sendo invadidos. Deixe o cão mais velho cheirar o mais novo, mas lembre-se de que ele deve estar na guia. Se o novo morador também for adulto, também deve estar na guia. Se for filhote, pode colocá-lo no colo.  O mais velho deve sempre ser agradado para que ele ligue a chegada do novo amigo a algo bom. Observe a reação dos cães.

Leve-os para casa, mas deixe-os separados. Note a reação deles e leve um para visitar o outro durante o primeiro dia. Repita isso várias vezes durante o dia e observe a reação deles. Lembre-se que se forem adultos eles sempre devem estar nas guias, para que você possa segurar e evitar uma briga.

Se eles parecerem felizes, aproxime-os mais até que você se sinta a vontade para soltá-los juntos. Quando soltar a primeira vez, fique junto para intervir caso precise. Se o cão mais velho não estiver reagindo muito bem, repita esse processo diariamente até que ele comece a aceitar melhor.

No geral, os cães mais dóceis rapidamente se acostumam tanto com os filhotinhos quanto com cães adultos.  De qualquer maneira, o dono precisará ter bastante calma e paciência e estar sempre junto nos primeiros dias, para evitar brigas. Sempre deixe pote de comida e água separadas para o cão mais novo e tenha mais atenção na hora da alimentação. É da natureza dos cães cuidarem do alimento e uma briga pode sair nesse momento.

Como dica, nos primeiros meses, alimente-os separadamente ou fique junto até eles acabarem de se alimentar, evitando que um vá pegar a comida do outro.

Caso o novo morador seja um gato, o procedimento é quase  o mesmo, mas é preciso mais cuidado. Afinal,  o cão que é o mais velho da casa, entenderá que o gato é uma caça. Nesse caso, a apresentação deve ser feita em casa, com o gato dentro da caixa de transporte. Não os deixem juntos até que você note que eles viraram bons amigos. Com cuidado e muita paciência, o seu pet mais velho se acostumará com o novo morador e gostará de ter essa companhia.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes

November 11, 2017

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

FALE CONOSCO: clique aqui.

 

 

© Animal Natural.                              

 

contato@animalnatural.com.br                                  

 

 ENDEREÇO: Avenida do Estado 1540, Fundação, São Caetano do Sul, São Paulo. CEP: 09520-150 - Tel: (11) 4224-5139  /  Whatsapp: (11) 9 9610-0031

  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle