VANTAGENS DA CAIXA DE TRANSPORTE


Quando chega a hora de viajar, o transporte dos animais de estimação acaba se tornando uma tremenda dor de cabeça em alguns casos.

Muitos já ouviram falar da caixa de transporte, mas acham maldade deixar o bichinho preso lá dentro. Mas saiba que isso não é verdade. Muito pelo contrário!

Ali, além de ficarem seguros, se sentirão mais protegidos. Alguns gostam de ficar dentro delas até mesmo dentro de casa, transformando em casinha.

Confira os benefícios do uso da caixa de transporte:

Um filhotinho acostumado com uma caixa de transporte e que tenha acesso a ela durante o dia todo, pode usá-la como fuga de cães maiores que sejam brincalhões e descansar tranquilos;

Com o cão acostumado a usá-la, ficará muito mais fácil de transportá-lo de carro até um lugar diferente para passear, por exemplo. Lembre-se sempre de que é obrigatório ou o uso da caixinha ou o uso do cinto de segurança apropriado quando for sair de carro com os cães. Estes itens são essenciais para segurança no transporte de animais;

Com esse cuidado o cão estará protegido. Caso haja algum acidente ou pequena batida, ele estará protegido e seguro;

Caso você precise viajar de avião, ele precisará ser acomodado em uma caixa de transporte. Cães pequenos, em algumas companhias, podem ir junto com o dono no voo, desde que na caixa de transporte. Os maiores vão dentro da caixa de transporte no bagageiro;

Ela pode substituir os móveis, quando o filhotinho agitado resolver roer alguma coisa. Claro que estragar a caixa não é bom, mas as roidinhas deixam com a marquinha dele na caixa e poupam os móveis.

Lembre-se sempre que elas, como o próprio nome já fala, devem ser usadas apenas para transportar o pet. Para que ele tenha acesso a ela no dia a dia, deixe-a aberta e com um paninho dentro, mas nunca o tranque!

Como escolher a caixa certa?

Os modelos que você encontrará são inúmeros. As produzidas com aqueles plásticos duros são bastante resistentes e fáceis de serem limpas. Isso faz com que elas sejam uma boa escolha. Porém, não basta isso. Você precisa ver também se os parafusos e principalmente as travas da porta são seguras. Afinal, nada pior do que o trinco não funcionar e a porta abrir, não é mesmo?

Prefira aqueles trincos que fecham em cima e embaixo ao que apenas fecham as laterais. Eles são mais seguros e fecham melhor a portinha da caixa de transporte. Tem cachorrinho que é danado e consegue abrir o trinco lateral!