CHECK-UP EM ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO


Assim como nós, seres-humanos, os pets também precisam passar por frequentes testes de saúde para saber se está tudo certo com eles.

Esse check up deve ser feito periodicamente e é muito importante, embora poucos donos de pet têm o costume de levar o seu animal de estimação para realizar um check-up. Mas vale lembrar que um diagnóstico precoce com tratamento inicial, aumenta a chance de cura.

Confira essas orientações que separamos:

Quando o check-up deve ser feito?

Por toda a vida do bichinho é importante que ele seja examinado e que a sua saúde seja monitorada. Enquanto filhote as visitas ao médico veterinário são mais frequentes para garantir que as vacinas sejam dadas em dia. Depois disso, é indicado pelo menos um check-up anual, até que ele chegue à fase de velhice.

Quando o bichinho já tiver mais de 7 aos de idade, essa consulta deve ser semestral. Claro que caso o animal tenha um problema de saúde mais sério ou um histórico de alguma doença genética nos seus ancestrais, esse check-up poderá ser feito mais rotineiramente. Quem vai orientar quanto a isso é o veterinário do seu bichinho.

Como será feito o check-up?

O bichinho será completamente examinado, desde a sua pele e ouvido para ser se há pulga ou otite, até o coração e órgãos internos. Em locais nos quais há mais recurso, hemograma, eletrocardiograma entre outros exames podem ser solicitados e realizados, principalmente nos animais mais jovens.

Caso alguma anormalidade seja verificada, novos exames podem ser solicitados e o tratamento indicado será orientado. Além disso, nesses exames periódicos, o peso, o crescimento entre outros são acompanhados.

A vacinação também será colocada em dia e o dono do cão será orientado sobre a vermifugação do bichinho. Lembre-se que para o pet estar seguro, não adianta apenas vaciná-lo nas campanhas. Há diversos outros tipos e vacina como a da parvovirose e cinomose que precisam ser administradas. Nessas consultas anuais o médico veterinário verificará se estão em dia ou se há alguma outra que precise ser administrada para que o pet fique bem e permaneça saudável.

Já o vermífugo é de extrema importância para evitar um quadro grave de verminose que pode deixar o pet fraco, triste, com diarreia, vômito, entre outros problemas de saúde.

Lembre-se de que há diversas doenças que são silenciosas e podem progredir sem que nenhum sinal clínico seja notado. Por isso, um exame mais detalhado e periódico é muito importante para poder garantir que caso haja alguma doença no início, ela seja tratada o quanto antes.

Trate seu bichinho com amor e carinho e não se esqueça de marcar o check-up dele. Garanta a saúde de quem tanto te ama!